terça-feira, 17 de agosto de 2010

Primeiro dia de aula

Oi, gente!
Lembro que comentei bastante aqui da primeira escola que eu visitei, e gostei bastante, mas também comentei que não havia vaga para a Manuela.Bem, a busca por outra escolinha foi intensa e cheia de percalços...Eu tinha a indicação de uma outra escolinha e acho até que comentei aqui no blog. Mandei email, porque não conseguia contato por telefone. A resposta da escola era de que só recebiam crianças a partir de 1 ano e meio, portanto, sem vagas para a Manuela. Na semana seguinte a essa resposta, liguei para a mesma escola, não em busca de vaga, mas para me informar sobre transporte escolar. Na ocasião, a funcionária me informou que estavam discutindo a abertura de uma nova turma para o dia 15/08 e que, também, recebiam sim crianças que estavam para completar 1 ano e meio...Fiquei animada e marquei uma visita à escola. Quando cheguei lá, a dona da escola me recebeu assim: "Olá, Gilda, você não recebeu meu email de resposta?"...Sim, tive que explicar a informação nova da funcionária e creio que isso causou um mal estar interno. A dona da escola disse que lá eles não davam mamadeira para as crianças (...), que a tolerância de buscar as crianças era de 20 minutos (R$8,50 cobrados a mais na mensalidade),que não estava decidido se haveria uma turma a mais mesmo, e, mesmo parecendo reticente, mostrou-me a escola...Saí de lá gostando do espaço, mas odiando a recepção da dona da escola...Enfim, dividi isso com Antonio...Gente, creio que é inadmissível uma escola pra crianças tão pequenas recusar-se a oferecer mamadeira!!! Algumas pessoas se irritam quando alguém menciona que deveria haver lei para isso e aquilo...Mas, não oferecer mamadeira numa escola significa restringir da criança o direito de ser amamentada! Sim, e na escola, porque a mãe a deixa na escola com tão pouca idade porque precisa trabalhar! E no proprio trabalho é garantido o direito de amamentar!
Mas, como Manuela não usa a mamadeira o dia inteiro, eu daria a mamadeira antes da escolinha. Liguei para lá e marquei uma visita para o dia seguinte para formalizar a matrícula. Cheguei na escola e a dona da escola estava mostrando a escola para outra mãe interessada...Gente, ela não me disse bom dia. Olhou-me, deu um sorriso e mais nada. Uma funcionária deixou-me com Manuela esperando pela dona...Mais de 20 minutos depois de espera e a dona da escola ou qualquer funcionária se aproximou de mim...Liguei para Antonio...Ele foi direto: "Gilda, nós nunca somos bem atendidos por essa escola, melhor ir logo na outra, mais distante". Concordei. Pedi que abrissem o portão da escola para mim. Passei pela sala da dona, e ela conversava tranquilamente com a outra mãe...Quando saí da escola disse bem alto: "Isso aqui é uma palhaçada!". a funcionária ficou sem graça...Não sei como não estava num daqueles meus dias, que para soltar uma grosseria com quem é rude comigo, é fácil, fácil...
Saí de lá direto para a escola mais distante, mas que havia me atendido muito bem, quando dias antes eu havia ido lá em busca de informações sobre a escola.
Cheguei na escolinha aqui no ecoville e em menos de dez minutos manuela bricnava no parquinho com uma professora, eu já havia lido e assinado o contrato de matrícula e recebia as orientações de rotina da escola. Pronto! Assunto encerrado!
Manuela foi para a escola, ontem. Levei-a às 8:30h, somente. Lá eu posso levar a Manuela no horário que eu bem entender. Não há rigor com o horário, o que considero muito bom. A professora dela tentou agradá-la, mas Manuela agarrou-se a mim e chorou muito. Eu estava mais tranquila. Consegui deixa-la com a professora e fui à secretaria comprar algumas roupinhas para a escola. A secretaria garantiu-me que ligariam caso Manuela não se acalmasse e que eu também poderia ligar.

Saí de lá e fiquei por perto. Em menos de uma hora a professora me ligou. Manuela havia comido o lanche que eu mandei, mais o lanche da escola e já estava mais calma, brincando. Combinei que em um hora eu a buscaria. Em uma hora, Manuela me aguardava já no colo da professora.
Quando eu sái do carro, ouvi quando ela disse: "mamãe!".
A professora me disse que ela havia almoçado e dormido! Rs. Ela já estava vestindo seu uniforme. Rs. No carro, entreguei-lhe um presente de primeiro dia de aula. Um brinquedo do Shrek...É! Manuela ama o Shrek! Rs. Ela olha o dvd do Shrek e beija o Shrek! Rs. Ri quando o Shrek grita com alguém no desenho, canta as músicas do dvd...Isso me deixou impressionada!! Ela chama o burro de "loli", pois deve pensar que ele é um cachorro, também! ehehehehh
Quando ela conheceu o Shrek, chamava-o ora de papai ora de Otto. Rs. Agora, ela o chama de "Shek"! Rs.

Mas, ela veio pra casa com uma cara aborrecida, e no meio do caminho adormeceu. Rs. Em casa, não quis brincar muito, ficou chorona e pediu para subir as escadas. Quando faz isso, quer dormir. Fiz uma mamdeira e subimos. Manuela dormiu de meio-dia até às 14h. Muito bem! Rs.
Acordou, brincamos muito e ainda fomos no aeroporto buscar o pai dela. Rs.
Mas, quando ela viu a roupinha da escola no quarto, deu uma choramingada. Rs.

Hoje, segundo dia, Manuela já não foi, ficou aqui, porque eu precisava estar em casa para receber algumas encomendas. E, como ela está em adaptação, não posso deixá-la na escola e vir embora. Então, ela irá amanhã.
Na sua sacolinha da escola, veio uma agenda, com os apontamentos da professora. Se trocou fralda, se comeu, a quantidade de tudo, se precisou de alguma atenção especial. No caso da minha pequena, a professora apontou que Manuela pediu liquido à vontade. Isso porque é assim aqui em casa. Rs.
Está muito frio aqui, esse mês de agosto todo...Ceús, cada ano é tudo diferente aqui em Curitiba...Ano passado, choveu demais em agosto...Esse ano, não chove mas tá muito frio...Comprei o casaco da escola que é bem quente e um outro, dos backyardigans, para a Manuela ficar bem protegida do frio. Afinal, a escola é bem aberta, porque, apesar do frio, precisa haver ventilação em ambientes com muitas pessoas, no caso, pequenas pessoas lindas! Rs.
O inverno traz algumas doenças que aproveitam o impulso das pessoas de trancar-se...Meningite, gripes, alergias...
A esola é térrea, com uma área central aberta, e os corredores de salas em volta. todas com janelas abertas, muito bem ventilado.
Antonio já ouviu muitos elogios à essa escola, tanto que ele insistiu que eu a visitasse. Alguns amigos também me deram ótimos comentários a respeito da escola. Eu, de outro lado, já havia ouvido coisas negativas...Inclusive, expus isso na secretaria da escola, no dia em qua a visitei. Enfim, na escola que havia sido tão bem indicada a mim, me senti muito ofendida, e com a dona da escola! Então, o assunto é polêmico e eu torço, sinceramente, para que Manuela não tenha muitas dificuldades em sua vida escolar. Eu estudei em um colégio de freiras tradicional de belém e aprendi uma coisa: Os bons alunos são sempre tratados bem. Os alunos com dificuldade de aprendizagem são sempre mal tratados...Então, é observar como minha filha vai se saindo na escola e dar atenção plena à avaliação que ela fizer da própria escola.
Por falar em escola, hoje Manuela provou sua comida e disse: quente. Eu adorei! Rs.
De vez em quando eu conto os brinquedos para ela ouvir e hoje ela repetiu "têz" (três) e "sez" (seis). A menina adora palavras com "e"! Rs.
E hoje, ela mamava, aí parou, olhava pra mim e repetia "ote"...E não podia ser Otto...Rs...Então, ela levantou o outro lado do meu roupão e subiu o outro lado da blusa. "Ote" era "outro"! Rs. Eheheh.
Nos últimos dias, Manuela tem acrescido palavras ao seu repetório e sua compreensão de mundo. E tenho acompanhado isso extasiada! É muito legal! Rs.
Beijos...Não sei porque ela não repete "beijo". Eu e Antonio falamos tanto isso para ela. Rs.
Tchau!
gilda

Um comentário:

Ministério da saúde disse...

Olá blogueiro,

Dê ao seu filho o que há de melhor. Amamente!

Quando uma mulher fica grávida, ela e todos que estão à sua volta devem se preparar pra oferecer o que há de melhor para o bebê: o leite materno.

O leite materno é o único alimento que o bebê precisa, até os seis meses. Só depois se deve começar a variar a alimentação.

A amamentação pode durar até os dois anos ou mais.



Caso se interesse na divulgação de materiais e informações sobre esse tema, entre em contato com comunicacao@saude.gov.br

Obrigado pela colaboração!

Ministério da Saúde